Fachadas Palácio Nacional da Pena

Projecto: Intervenção de conservação e restauro nas fachadas do Palácio Nacional da Pena

Ano: 2014

Local: Sintra

Enquadramento: Palácio Nacional da Pena

Descrição: Intervenção de conservação e restauro de cerca de 340m2 de azulejos e 1000 m2 de cantarias nos principais edifícios do Palácio. Nomeadamente nos seguintes locais:

  • Fachada Noroeste
  • Fachada Sudeste
  • Galilé
  • Porta Férrea
  • Arco do Alhambra
  • Torre do Relógio
  • Murete da torre
  • Terraços

Intervenção: A intervenção consistiu na resolução das principais formas de degradação observadas:

  • Colonização biológica, mais intensa no alçado Norte;
  • Ausência de pingadeiras para escoamento de águas pluviais e várias formas de degradação associadas à exposição a água corrente;
  • Problemas pontuais de infiltrações na cobertura;
  • Juntas abertas;
  • Lacunas volumétricas;
  • Azulejos em vias de destacamento;
  • Intervenções anteriores com argamassas cimentícias;
  • Falhas de vidrado;
  • Deposição de sujidades e concreções;
  • Alterações cromáticas intensas decorrentes das patologias anteriores.

Foram resolvidos os problemas estruturais encontrados, foram executadas as seguintes acções de conservação e restauro:

Levantamento e assentamento de azulejos em via de destacamento; remoção de argamassas cimentícias; limpeza; desinfecção; colagem de elementos; preenchimentos volumétricos e de superfície; tratamento de juntas; integração cromática de preenchimentos; aplicação de camada de protecção.

Esta intervenção foi premiada pelo SOS Azulejo em 2015 com Menção Honrosa na categoria “Conservação e Restauro”.

Duração: 4 meses

Equipa: 15 pessoas

Links:

SIPA